O uso de meias de compressão é um assunto bastante polêmico no ciclismo. Isso porque, apesar da ciência nem sempre corroborar com a afirmação dos fabricantes destes tipo de acessório, muitos ciclistas afirmam que elas funcionam muito bem.

No artigo abaixo, confira mais detalhes sobre as meias de compressão e decida se você deve ou não usá-las para andar de bike.

Importante: O uso de qualquer equipamento deve ser orientado por um profissional competente. Antes de usar uma meia de compressão, converse com seu treinador e com o seu médico.

Vale destacar que, quando indicadas por um médico, as meias de compressão podem ser utilizadas como tratamento para diversos problemas circulatórios e que, nestes casos, sua eficácia é comprovada.

 

A teoria

Segundo boa parte dos fabricantes de meias de compressão, o uso delas traz inúmeras vantagens, sendo a maior delas a redução do acumulo de ácido lático durante e depois de uma pedalada muito forte. Com isso, o atleta ficaria menos cansado no treino e ainda se recuperaria mais rápido depois dele.

Muitas marcas ainda afirmam que seus produtos podem ajudar a reduzir o inchaço da musculatura depois de um treino intenso, o que também ajudaria na recuperação muscular.

Todas essas vantagens decorreriam justamente da compressão das meias, que, em teoria, ajudaria o sangue sair das pernas com mais facilidade, melhorando o fluxo sanguineo.

Além disso, elas permitiriam manter a musculatura bem aquecida durante dias mais frios, ajudando a manter o suor afastado e os raios solares longe da pele.

 

O que diz a ciência?

Em um estudo publicado em 2010 sobre o efeito de meias de compressão durante e depois de uma atividade física, os pesquisadores descobriram que o uso da meia pode reduzir o  acumulo do ácido lático depois de um treino. Apesar disso, o ganho de desempenho com o uso delas só foi detectado em poucos estudos sobre o tema

Também, uma revisão feita em diversos estudos indica que o uso deste tipo de meia pode beneficiar os indicadores de função muscular e reduzir a percepção de dor depois do treino. Mesmo assim, a revisão termina afirmando que mais estudos são necessários para indicar a funcionalidade da meia de compressão.

Outro estudo realizado com corredores afirma que o uso de meias de compressão não trouxe nenhuma benefício de desempenho para os atletas.  Embora estes sejam apenas alguns dos muitos estudos sobre o assunto, os resultados de todos eles sempre acabam sendo controversos.

Com isso, fica claro que os benefícios da meia de compressão estão longe de serem comprovados e, se eles existirem, talvez não sejam tão perceptíveis assim.

Até porque, não existe um padrão para as meias e cada fabricante vai oferecer diferentes tipos de materiais e níveis de pressão – com isso, padronizar os estudos é praticamente impossível.

 

Competições oficiais

Recentemente, a UCI (Union Ciclista Internacional) atualizou seu regulamento com uma norma que proíbe o uso de meias que ultrapassem a altura do meio da canela. Com isso, não é permitido usar meias de compressão durante uma prova com o selo da entidade máxima do ciclismo.

Curiosamente, apesar de acabar impedindo o uso deste tipo de meia em provas oficiais, a decisão da UCI, muito provavelmente, tem mais a ver com o ganho de desempenho aerodinâmico que algumas meias podem proporcionar do que com as vantagens fisiológicas da meia de compressão.

 

Conclusão

Apesar das evidencias cientificas pouco conclusivas, muitos ciclistas e treinadores realmente acreditam nos resultados positivos do uso de meias de compressão. Isso quer dizer que, mesmo tratando de um efeito placebo, seu uso pode ser positivo para alguns indivíduos.

Como o preço de partida delas não é muito alto, talvez seja uma ideia interessante testar o uso das meias, principalmente na fase de recuperação muscular. Se for fazer isso, lembre-se de testar sua recuperação com e sem a meia em condições semelhantes de esforço, descanso e alimentação – assim, você terá resultados mais conclusivos.

 

Veja também

As tecnologias e diferenças das roupas de ciclismo

Assim como qualquer tipo de atividade física, o ciclismo fica melhor quando utilizamos a roupa correta. Isso quer dizer que, embora uma bermuda e uma camiseta ventilada já sejam muito melhores para […]

Veja mais

Como arrumar furo em pneu tubeless?

Seja na estrada ou na trilha, os pneus sem câmara oferecem diversas vantagens no desempenho. Na hora de arrumar os furos, porém, eles pedem alguns cuidados especiais. Confira mais detalhes no texto […]

Veja mais

Como escolher um selim de bicicleta?

O selim, definitivamente, é o ponto de contato mais importante entre o ciclista e a bicicleta. Afinal, é nele que a maior parte do peso fica apoiada. Com isso, se o “encaixe” […]

Veja mais